Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

HOPE: A MAGIA DO ANIMAL

121461917_658108091797976_8508551625480865950_n.jp

Esta é a história de Mateus. Mateus é um menino de cinco anos. Foi diagnosticado autismo aos três anos de idade.
 Os pais amavam-no como ninguém e sempre teve um amigo próximo, o primo Ricardo. Cresceram juntos, apesar de Ricardo ser mais velho.
 Com o passar do tempo, o primo mais velho foi criando a sua identidade e a ter novos amigos, afastando-se um pouco de Mateus e este não reagiu bem com a mudança.
 Os pais começaram a procurar soluções e reparavam que cada criança que se aproximava para o ajudar ou criar amizade, ele afastava-se, brincando e querer estar sozinho.
 Um dia, uma tia de Ricardo falou-lhe de uma professora de equitação que também fazia terapia com cavalos e crianças com autismo. Chamava-se Margarida. Cresceu com cavalos na quinta dos seus avós. O amor começou na infância, continuando na adolescência e chegou à idade adulta.
 Uma manhã, os três adultos e a criança reuniram-se, sendo guiados na quinta de Margarida.
 Mateus corria livremente com um peluche que a professora lhe dera.
 Enquanto os adultos conversavam, a criança parou em frente a um estábulo. Margarida aproximou-se e viu o mesmo. Um cavalo lindo castanho com uma crina preta. 
 A professora disse-lhe que podia fazer uma carícia se não tivesse medo. A mãe tentou aproximar-se mas foi travada por esta. Estava a começar.
 Mateus aproximou-se. Tinhas os olhos castanhos cor de avelã e trocou um olhar cúmplice com o cavalo. Os seus olhos eram pretos como houvesse um mistério por trás. Uma história por contar. Olharam-se nos olhos e como dissesse à criança: eu aceito-te e compreendo-te.
 A magia que se sentia no local era diferente. Havia algo no ar. Uma paz inexplicável.
 O animal aproximou-se mais e colocou o dorso sobre o seu ombro como se o abraçasse. Os pais choravam emotivos.
 Margarida levou-os ao picadeiro e deu-lhe uns torrões de açúcar. Na areia, a criança deu-lhe os doces e este até lhe lambeu os dedos. Riu-se a dizer que fazia cócegas e o cavalo relinchou como se risse com o novo amigo.
 A professora de equitação afastou-se de ambos e juntou-se aos pais do menino para observar a imagem que estava à sua frente: pareciam amigos de longa data que não se viam há umas temporadas. Amigos de verdade.
 O menino voltou a fazer-lhe festas e este permanecia sereno. Fez-lhe uma vénia e a criança sorriu para os adultos, abraçando-o em seguida e dando-lhe um pequeno beijo entre os olhos.
 Os pais continuavam emotivos e orgulhosos do filho fabuloso que tinham. Decidiram que voltariam, pois agora já não se iriam largar.
 De regresso ao estábulo, Mateus perguntou o nome do novo amigo.
 Hope. É uma égua. Respondeu Margarida olhando para a criança e de seguida para os seus pais. 
 Os três adultos sorriram enquanto Mateus voltou a brincar com o peluche. Pôs-lhe o mesmo nome.

 

TU ÉS ALMA E NÃO O TEU EGO

121266604_786615142188632_59260095375297808_n.png

Como é importante ter uma mente sã. Sempre ouvimos dizer "mente sã, corpo são." 
 De nada serve termos um corpo ativo e saudável se não completarmos com uma mente igualmente saudável.
 Não é algo que nos levantamos de manhã e acontece. Requere muito amor próprio, foco, disciplina.
 Quantas vezes não estamos a fazer algo, mas estarmos a pensar noutra coisa completamente diferente? Temos que nos focar no presente. O passado já aconteceu e o futuro é uma incógnita.
 Mantem a mente preenchida com pensamentos, pessoas e atividades positivas. Livra-te do que é e de quem é tóxico porque não te levam para o teu caminho. Onde há amor, vida e esperança. O caminho certo.
 Ama-te porque és a pessoa mais importante da tua vida. Investe sempre e mais em ti. Procura o que te faz feliz. "Larga quem não te agarra."
 Ama-te nos dias difíceis. Como um melhor amigo faria. Porque nós somos os nossos melhores amigos.
 Dá-te valor. Não deixes ninguém decidir por ti porque tens voz para fazer por ti. Para ti.
 Controla a tua mente e pensamentos. Não deixar eles te controlarem.
 Se precisares de ajuda, pede. Fala com alguém próximo, amigo ou mesmo um profissional de saúde. Pedir ajuda não é sinal de fraqueza. Chega de pensar que os psicólogos e os psiquiatras são "para malucos".
 Cura-te. Com amor a ti. Sempre. Tu és capaz. Ouve a tua alma. O ego só vai querer testar-te.

O TOQUE DA TUA PELE

 

92174128_536838343876582_4417724595260358656_n.jpg121071967_390969991909243_1246907328726160484_n.pn

Numa tarde quente de outono, fui ter contigo depois da hora de trabalho. O entusiasmo era notável mas não quis que notasses o nervoso miudinho. Esperei por ti junto ao teu carro. 
 Saíste pela porta da frente e caminhavas em direção ao carro, enquanto procuravas a chaves do mesmo.
 Continua o mesmo, pensei eu.
 Olhaste para a frente e viste-me. Trocamos logo um sorriso. Correste um pouco e abraçaste-me de imediato pela cintura. Sorri e envolvi-te pelo pescoço enquanto trocamos um olhar em silêncio. Os teus olhos castanhos ainda estava mais brilhantes com a hora do pôr do sol a aproximar-se. Desviei-te o cabelo da testa e com a brisa que estava no ar, senti o cheiro do perfume que te ofereci pelos anos. Arrepiei-me de imediato ao sentir esse teu cheiro. Cheirava a casa.
 Entramos no carro e levaste-nos a ver o pôr do sol na praia. Pelo caminho, ouvimos música em volume médio e trocamos sorrisos. Demos as mãos e beijaste-me os dedos como fosse frágil. Apertei-te a mão para veres como sou resistente apesar de não parecer. Chegamos.
 Trocamos palavras de carinho e aproximaste-te para me beijar. Um beijo doce mas intenso. 
 O pôr do sol beijou o mar e o tempo parou. Assim como nós naquele momento. A tua pele na minha e o teu beijo que se tornou nosso.

O TEU APELIDO? BEM ME QUER, MAL ME QUER?

121113553_1606255379557867_3631698463769802736_n.j

Homem e mulher. Dois seres individuais que se completam. Como o dia e a noite. O sol e a lua. O mar e a terra. A luz e as trevas. O bem e o mal.
 Há sempre dois lados da história e no casamento não é exceção. As pessoas têm as suas opiniões próprias e é sempre interessante sabê-las. A maioria das mulheres escolhe não ter o apelido do parceiro após o casamentos por diversas razões.
 Porém, há que entender que cada indivíduo tem a sua escolha. Cabe a cada um decidir de acordo com as suas crenças.
 Por sermos tão livres em certas coisas, há outras que ainda são assuntos tabus. Homem e mulher têm identidade própria e nenhum é mais do que o outro. O importante é o querem construir. Um futuro.
 Se o teu futuro é mais feliz com o apelido do teu parceiro? Então força. Se obtares por não colocá-lo? Não importa.
 Tem é de existir amor. É o que bem nos quer.

A MULHER É O QUE ELA QUISER

120928208_645391026336657_272535182141777888_n.jpg

Estamos em pleno século XXI e ainda há muitos preconceitos quanto à mulher e às suas escolhas e decisões.
 Não venham com a história de há mais igualdade porque na prática, a teoria é outra. Para começar, o que acontece é que se não fosse a mulher mãe, mulheres e homens não existiam no Mundo porque foi ela que nos trouxe à vida.
 Sim, também tenho que dizer mulheres porque infelizmente as mulheres também conseguem más umas para as outras, quando nos devíamos todas unir, porque juntas somos mais fortes.
 Desde muito cedo que a mulher era vista apenas como dona de casa onde tomava conta da casa e dos filhos e ainda era chamada de "não fazer nada enquanto eu estou a trabalhar." Porque o homem é que trazia dinheiro para casa, logo sustentava a família e assim é que as gerações iam vivendo.
 Felizmente, os tempos foram passando e a mulher na história evoluiu. Ainda bem. Já há mulheres que fazem o chamado "trabalho de homens", já há mulheres que ganham mais do que os homens e já há mulheres que mostram a sua palavra no mundo da política.
 E passemos agora para outro lado a que a mulher é criticada: por fazer o que quiser do corpo, por ter este ou aquele amigo, por fazer esta ou outra escolha. Mas será que não percebem que a mulher só quer ser feliz? Sem julgamentos, ou apontar o dedo?
Quer ser livre de preconceitos.
Quer ser tudo como alguém disse.
Quando tem tatuagens, cicatrizes, varizes, celulite é comentada. Quando é muito magrinha, é comentada. Quando tem a decisão de querer abortar ou adotar, em conjunto com o parceiro, é comentada, quando a decisão cabe apenas ao casal. Quando decide não ter filhos, é comentada. 
 Quando arrisca a viajar e principalmente sozinha, é comentada.
Quando tem amigos que se dá melhor, já é um namorado ou um amigo especial. Há amizades verdadeiras entre homens e mulheres e está tudo bem. O ser humano sempre gostou de opiniar o que desconhece, é bem sucedido e bem amado.
 A mulher quer ser o que ela quiser. E ela escolhe a felicidade.
 Antes de se criticar qualquer mulher, pensem se não pode ser vossa amiga, familar, namorada, esposa. Porque quando tocam às vossas... Mulheres e homens viram protetores, não é? Então protejam-nas e cuidemos uns dos outros sempre. 

Pág. 2/2