Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ATENÇÃO

6bfa1d62975c98bf92486c9fee33804c.jpg

Voltei à praia. Não foi a uma praia qualquer. Foi à praia onde recorro quando preciso de respostas. O mar parece que me conhece. Quando estou calma e preciso apenas de agradecer, a calmaria é recíproca. Quando estou ansiosa ou aborrecida com alguma situação,  ele está agitado e as ondas batem nas rochas com força.
 Sinto que quando este último cenário acontece, é um impulso, uma chamada de atenção para eu agir e para me fazer provar que quando temos advsersidades na vida, podemos dar um passo atrás para dar dois em frente. Tal como as ondas do mar. O facto de recuarem e voltarem à zona beira mar e com mais força, rebentando as águas nas rochas, mostra que regressamos mais fortes.
 Sempre fui eu e o grande azul. O cheiro a mar, cheira-me a casa. Onde gosto e volto sempre depois de uma situação boa ou menos boa.
 Agradeço e renovo energias.
  Quando decido partir da apreciação do momento, o mar acalma. As ondas abrandam como se mostrassem "agora vai em frente."
O Universo dá-nos sinais. Só temos de estar atentos.

4 comentários

Comentar post