Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lembra-te de Mim

Lembra-te de Mim

23.10.20

NA VIDA, É PARA SER CORAJOSO/A

Débora

252e2b33c13f969dcd3f58be14d240fd.jpg

A vida é o centro de tudo. É importante viver. Temos de saber enfrentar os nossos medos, as consequências dos nossos atos e escolhas.
 Para viver temos de acreditar, sonhar, confiar, aceitar (se), recusar, amar, construir, surpreender, encantar (se). Mas mais importante enfrentar os medos. 
 Em muitas alturas, no mesmo dia, temos medos: medo de falhar, medo de errar, medo de perder e mesmo medo de ganhar. Pois pode ser um "ganhar" mau. Há medo no que nos rodeia.
 Medo da distância. Receio de perdermos quem gostamos. Medo de olharmos para o lado e vermos quem lá estava sempre, agora não está. Não quer dizer que quem se tenha afastado, se tenha "fartado".
 Quem parte tem sempre um objetivo: recomeçar. Para recomeçar, basta ter novas ideias, novas escolhas, novas visões sobre o que se pretende.
 Um recomeço numa relação é apercebermo-nos que quem está lá sempre, quer nos bons e quer nos maus momentos. Apercebemo-nos de que as pessoas verdadeiras, as que vão cumprindo sem prometer, estão lá.
 Nos recomeços, o maldito medo volta a aparecer. Medo de falhar, de cometer os mesmos atos. Tudo isto é um ciclo. E em qualquer esquina, lá aparece o dito cujo. Temos de aprender a lidar com ele, vivendo.
 Vivendo supera-se os obstáculos. O receio é que não nos deixa avançar. Há pessoas que não vivem por isso. 
 Escutamos, somos escutados, falamos, convivemos, partilhamos, sorrimos, choramos, entre outras. Isto é a vida.
 É importante sentirmos as emoções dos mais variados tipos. É sinal que não somos de ferro (nem o mais forte é). É sinal de que nos preocupamos e gostamos. Somos humanos e não máquinas.
 E existem pormenores que fazem a diferença para o dia de alguém ser belo.
 E o "para sempre" no meio disto? Pessoas prometem a eternidade e não o cumprem, ficam "por ali". No entanto, felizmente, algumas vão cumprindo e consoante os seus atos, sim, são para durar.
 Verdadeiras pessoas que quando nos sentimos sozinhos, ou precisamos de algo, estão lá.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub