Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PARTILHAS

a47190da04356b77126c6466b7281da6.jpg

"Nós já demos sinais para não irmos com pressa". Síntese da noite, 
 Um brinde às nossas conversas longas. Demoradas. Falamos de desejos, sonhos e repartimos tristezas e angústias. Tornam-se menos pesadas quando as partilhamos. Mostra-nos que não estamos sozinhos. Que estamos todos no mesmo barco e por isso temos que ser uma boa equipa para enfrentar a tempestade juntos.
 Observamos a Lua Cheia à janela quando o silêncio está no ar. Servimo-nos de mais um copo e trocamos olhares em silêncio. O teu brilho no olhar revela o que queres sem dizeres nada e aproximares-te um pouco mais. Eu sorrio e pressinto que é mútuo. Olhas para a Lua como se de um desejo se tratasse e eu não perco nenhum detalhe teu, vendo o teu cabelo a mexer-se com a brisa que havia no ar e senti o cheiro do teu perfume favorito. Tirei os cabelos da minha frente para contemplar quem tinha à minha frente.
 Aí tu olhaste para mim e aproximaste-te mais, tirando-me o copo da mão e colocando a outra mão na minha cintura. Ambos sabíamos o que ia acontecer a seguir.
 Depois dos beijos, colocaste o braço por cima do meu ombro, viramo-nos para a noite quente de verão que estava. Sabíamos que a noite tinha agora começado. O verão começava a ter mais sentido e havia mais partilhas a fazer. Mas naquele momento, a certeza do que estava ali, dizia tudo quando as palavras não eram suficientes.