Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PRECISO DE PARAR

IMG_20210131_204451_002.jpg

Recorro ao silêncio da noite quando a mente não descansa. Quando o barulho interior me perturba mais comparando ao exterior. Chego a casa depois de um dia de trabalho e visto a minha roupa de treino. Coloco a música alta e saio de casa. Sou só eu e o asfalto. Cada passo, dou com mais assertividade como se tivesse a resposta a cada pergunta. Cada passada sinto-me mais livre. Mais eu. A música vai soando cada vez mais forte e sinto cada palavra da canção. Às tantas, sinto as lágrimas caírem que foram contidas ao longo do dia. Deixo-as correr como fizessem parte do meu crescimento. Tenho orgulho delas. Fazem parte do meu caminho e do que eu sinto. Sinto o vento na minha cara, fecho os olhos como agradecimento e ao sentir esta leveza, continuo a correr. Paro e sinto a respiração acelerada. Sinto-me vivo e descomprimir. Sinto as preocupações a saírem. A cabeça fica mais leve e com isto, renovo as energias que necessito para me tornar uma pessoa melhor, mais consciente e melhor ser humano do que fui ontem.

2 comentários

Comentar post