Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

TOQUES

Não me dês música. Não fales as palavras que dizes se for em vão. Sê sincero. Sempre. O que disseres que faça sentido ao que sentes. Nem de mais nem de menos. Quando as palavras te falharem, demonstra porque por vezes um olhar ou um toque diz tudo. E há situações que não é preciso falar porque o momento deixa de ser mágico. Quando te vejo a tocar, memorizo cada gesto que fazes com os dedos, não para querer aprender mas para ver como és delicado quando tens algo bonito em mãos. Relembro como os teus dedos procuram os meus ou mesmo lembrando os arrepios quando o meu corpo sente a tua pele. Por agora, é a guitarra que sente o teu colo, quando sou eu, o concerto é outro.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Débora

    28.06.21

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.